Joaquim Barbosa "espetacularizou prisões", afirma advogado Kakay

Joaquim Barbosa "espetacularizou prisões", afirma advogado Kakay

Kakay chama de espetáculo “a mobilização de jato da Polícia Federal

Amigo deJosé Dirceu, o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, acusa o presidente do STF, Joaquim Barbosa, de ?espetacularizar as prisões? e ?violar direitos? dos condenados do mensalão. Acha que ?os outros ministros precisam se manifestar, para restaurar a dignidade do Supremo.?

?Eu já suspeitava que o ministro Joaquim ordenaria as prisões na sexta-feira, feriado do Dia da República, como ele fez, ou na próxima quarta-feira, Dia da Consciência Negra?, ironizou o advogado. ?Mas não precisava exagerar na espetacularização. Até parece coisa de candidato.?

Kakay chama de espetáculo ?a mobilização de jato da Polícia Federal para voar de Brasília até São Paulo e Belo Horizonte com o único propósito de levar os presos à Capital da República?. No dizer do advogado, a providência seria ?absurda e desnecessária.?

?É absurda porque os presos se entregaram e têm o direito de cumprir as penas nos seus Estados e no regime certo. Impor ao Zé Dirceu e a outras pessoas um regime mais gravoso por dois, três, cinco dias é uma violência sem precedentes. Só há uma justificativa para que essa violência ocorra: a espetaculatização.?

No julgamento do mensalão, Kakay atuou como defensor do marqueteiro Duda Mendonça e da sócia dele, Zilmar Fernandes. Ambos foram absolvidos. Mas o advogado diz que a amizade com Dirceu o impede de se desligar integralmente do caso .

Fonte: Josias de Souza ( FSP)