BNDES aprova proposta para investimentos no PI

BNDES aprova proposta para investimentos no PI

Wilson Martins disse que a carta-proposta do Piauí foi aprovada

O governador Wilson Martins lembrou que no Rio de Janeiro, conseguiu viabilizar e aprovar no BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social)a carta-proposta de um programa nacional, o Proinveste.

Segundo Wilson Martins, o Proinveste é um programa do Governo Federal criado porque os Estados perderam em arrecadação de impostos em consequência da desoneração do IPI (Imposto de Produtos Industrializados) de vários produtos. O IPI é um dos principais componentes que formam o FPE (Fundo de Participação dos Estados). Com, o BNDES criou uma linha de crédito de R$ 20 bilhões para 27 Estados. Os recursos foram divididos, sendo que 40% deles, R$ 8 bilhões foram repartidos pelo critério do FPE; mais 40%, isso é R$ 8%, são distribuídos pelo critério da população; e 20%, R$ 4 bilhões, são repartidos de forma equitativamente, pelos 27 Estados da federação.

Coube ao Piauí, por esse critérios R$ 675 milhões. Wilson Martins disse que a carta-proposta do Piauí foi aprovada.

?Esse programa é importante principalmente para a questão da mobilidade urbana. Nós vivemos um problema seríssimo nas grandes cidades. Em Teresina, principalmente, nós estamos trabalhando tanto na parte rodoviária como na parte metroviária. Nós vamos aplicar parte significativa desses recursos, 40%, para a mobilidade urbana em Teresina, como o Rodoanel. É uma obra importante que vai retirar em torno de 5 mil veículos de dentro de Teresina, veículos que passam pela cidade, vindos das regiões Norte e Sul do Estado, por duas importantes BR, a 316 e a 343?, disse Wilson Martins .

Ele disse, que além das obras de mobilidade urbana, o Governo do Estado ainda vai construir viadutos na Avenida João XXIII e na saída de Teresina, na confluência e saída da rodovia BR-316, com a Avenida Miguel Rosa e a construção de mais uma ponte, a JK, que liga sobre o rio Poti, as Avenidas João XXIII e Frei Serafim.

?Esse recursos vão ser aplicados também para desenvolver a economia como a implantação da ZPE (Zona de Processamento de Exportação), em Parnaíba, vamos construir um Centro de Eventose vamos duplicar em nove quilômetros a rodovia BR-316; nove quilômetros da rodovia BR-343, e uma estrada da Usina Santana até o Rodoanel. Vamos formar um corredor importante de tráfego de Teresina, que vai dar uma qualidade muito melhor na qualidade para quem usa o trânsito de Teresina para os próximos dez anos?, falou Martins, lembrando que ainda vai fazer com esses recursos trechos de estradas de interligação das rodovias com os municípios.

Fonte: Efrém Ribeiro, Jornal Meio Norte / meionorte.com