Bolsa família aumentará de valor no próximo mês

Bolsa família aumentará de valor no próximo mês

15/03/2006 - 18:58

O ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Patrus Ananias, afirmou ontem que a partir do próximo mês a Bolsa Família, que tem teto de R$ 95 mensais, vai ter um aumento para R$ 122 por mês. Ele anunciou que o Bolsa Família vai beneficiar famílias com renda mensal de R$ 107 mensais per capita. Até este mês, o programa atende apenas as famílias com renda de até R$ 100 per capita.

“A correção do valor do Bolsa Família será pela inflação. O valor do benefício do Bolsa Família não é indexado, mas estamos discutindo com a equipe econômica e com o presidente da República o aumento do Bolsa Família e a entrada de novas famílias porque o teto hoje é de famílias com renda per capita de R$ 100 e estamos pensando em aumentar para em torno de R$ 107”, falou o ministro.

Patrus Ananias falou que houve redução da pobreza no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com a retirada de 3 milhões de pessoas da linha da pobreza.

Hoje, o Programa Bolsa Família atende a 8,7 milhões de famílias com um custo de R$ 6,5 bilhões. Com o reajuste e aumento da base atendida, o programa vai atender até dezembro deste ano 11,2 milhões de famílias com custo de R$ 8,7 bilhões.

Ananias falou que o Governo Federal está vencendo a luta contra a desnutrição e a fome no Brasil. Durante entrevista coletiva concedida no Palácio de Karnak, no final da manhã desta quarta-feira, 15, ele revelou que os programas sociais desenvolvidos pelo ministério estão consolidando uma rede nacional de proteção e promoção social.

"Recordamos com tristeza aquelas multidões caminhando no acostamento das rodovias, fugindo da miséria e da fome, e verificamos que essa situação não existe mais", disse.

Durante a entrevista, ele destacou os resultados dos programas de transferência de renda - Bolsa Família, Bolsa Escola, Bolsa Alimentação, Cartão Alimentação e Auxílio Gás -, de assistência social e de segurança alimentar em todo o Brasil.

Segundo ele, esses programas são responsáveis pela saída de mais de 3 milhões de brasileiros da linha de pobreza absoluta.

Patrus Ananias falou que o Ministério do Desenvolvimento Social não está satisfeito com esses resultados e trabalha preventivamente de maneira a impedir que as famílias brasileiras resvalem na pobreza.

REAJUSTE DO BOLSA FAMÍLIA FICARÁ EM 23%

Efrém Ribeiro

Da Editoria Geral

O reajuste no valor dos benefícios do Bolsa Família terá uma variação entre 22% e 23%, portanto, o valor máximo para um benefício - hoje estabelecido em R$ 95,00 - passaria a ser fixado em R$ 107,00, e o mínimo - atualmente fixado em R$ 15,00 - ficaria em R$ 17,00. De acordo com o ministro, o anúncio oficial desses reajustes deverá ocorrer nos próximos dias.

O limite de renda familiar exigido para efeito de contemplação no Bolsa Família, conforme os critérios estabelecidos pela respectiva legislação, deverá ser igualmente ampliado para R$ 120,00.

Em 2005, os recursos do programa atenderam diretamente 12,1 milhões de famílias, ou seja, 44,8 milhões de pessoas, beneficiadas com o repasse total de R$ 6,8 bilhões. Para este ano, o ministério vai transferir mais R$ 8 bilhões, assegurou Patrus Ananias.

No Piauí, o Governo Federal investiu, através desses programas, o equivalente a R$ 241 milhões, alcançando 389,5 mil famílias, ou seja, 236 mil pessoas. Patrus Ananias, pouco antes de conceder entrevista coletiva, assistiu à apresentação de um projeto de urbanização do Governo do Estado a ser executado na cidade de Guaribas, localizada a 653 quilômetros de Teresina, e considerada símbolo da campanha Fome Zero.

Efrém Ribeiro - meionorte.com

FONTE:
TÓPICOS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ver mais+

DEIXE SEU COMENTÁRIO

voltar para o topo