Brandão critica oposição e reafirma equilíbrio financeiro

O deputado Wilson Brandão reafirmou o equilíbrio financeiro do estado, ressaltado que o Piauí não está endividado como vem afirmando a oposição.

A Assembléia Legislativa aprovou projeto que autoriza o Executivo a contratar R$ 100 milhões de empréstimo junto ao BNDES para investimento em obras de infra-estrutura, segurança pública e inclusão digital. De acordo com o líder do governo, deputado Wilson Brandão (PSB) antes de colocar o projeto em votação o Secretário de Planejamento, Sérgio Gonçalves, apresentou o detalhamento sobre os recursos já aplicados bem como os valores e obras a serem executadas com o novo empréstimo.

O deputado Wilson Brandão reafirmou o equilíbrio financeiro do estado, ressaltado que o Piauí não está endividado como vem afirmando a oposição.

?Primeiro, é preciso que se diga que não estamos contratando um novo empréstimo. Estamos apenas reeditando o empréstimo que já foi aprovado pela Assembléia Legislativa no ano passado, mas que por entraves burocráticos ainda não foi liberado. De todos os recursos que aprovamos nos últimos anos apenas R$ 179 milhões foram liberados efetivamente por isso algumas obras ainda não foram concluídas e outras não foram iniciadas?, esclarece Brandão.

O parlamentar disse ainda que em 2002 a dívida do estado era de cerca de R$ 2,7 bilhões e que hoje esta dívida está menor, algo em torno de R$ 2,4 bilhões. A capacidade de endividamento do Estado é duas vezes a sua receita corrente líquida, no caso do Piauí é possível contratar empréstimos até o limite de R$ 8 bilhões. ?É uma situação extremamente confortável. Só pode contratar empréstimos quem tem condições de pagar?, pontua.

Como o deputado Marden Menezes (PSDB) foi o único parlamentar a votar contra o projeto, o líder do governo fez registrar em plenário que o tucano estaria contra obras para os municípios onde recebe votação como Piripiri e Piriacuruca.

Fonte: Ascom