Brasil está maduro para ter "presidenta", diz Dilma Rousseff durante café da manhã

A ministra afirmou que o Brasil está preparado para ter uma presidente mulher

Após um café da manhã com a presidente do Chile, Michelle Bachelet, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, apontada como a candidata do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à sucessão presidencial, afirmou que o Brasil está preparado para ter uma presidente mulher.

?O Brasil poderá ter uma presidente mulher, não vejo porque o Brasil não pode ter. Teve um presidente metalúrgico, pode ter um presidente negro, e pode ter uma presidenta. A sociedade está madura para isso?, disse.

As duas se reuniram em um hotel próximo a região da avenida Paulista, em São Paulo.

Dilma afirmou que a conversa não abordou seu futuro político. ?Foi uma conversa entre a ministra chefe da Casa Civil do governo do presidente Lula e a presidente do Chile.?

A ministra comentou que Bachelet citou que teve que enfrentar ?uma série de preconceitos? após assumir o cargo pelo fato de ser mulher.

?Citou o que é ser mulher em um meio político que há muito vem sendo dominado por homens.? Para Dilma, a sensibilidade, para um presidente homem, pode ser avaliada como uma característica positiva, mas, para uma mulher, não.

Questionada sobre a dificuldade que Bachelet teria enfrentado por ter sido considerada ?uma mãe para os chilenos? e se o título de mãe do PAC poderia prejudicá-la, Dilma respondeu: ?Uma presidente que é mãe dos chilenos cumpre as duas obrigações de um governante ? cuidar de seu povo e dirigir sua casa, seu país. Ser mãe é um fator positivo?.

Fonte: g1, www.g1.com.br