Brasil ficou em 47º em ranking mundial de democracia

Instituto ligado a revista britânica avalia o regime em 167 países. Noruega é 1º da lista

O Brasil ficou em 47º lugar no ranking mundial da democracia divulgado nesta sexta-feira (17) pela Economist Intelligence Unit, instituto de análise ligado à revista britânica The Economist. O país caiu seis posições numa lista que considera 167 países e é classificado como ?democracia imperfeita? ao lado de outras 52 nações.

O primeiro do ranking é a Noruega, classificada de ?democracia plena?, seguida da Islândia, da Dinamarca e da Suécia. Os Estados Unidos aparecem em 17º lugar e, logo atrás, aparecem Espanha e Inglaterra. Um total de 26 países recebeu a melhor classificação e, desses, apenas dois ficam na América Latina: Uruguai e Costa Rica.

Essa é a terceira edição do ranking, que divide os países em quatro tipos: democracia plena, democracia imperfeita, regime híbrido e regime autoritário. Para fazer a classificação, o instituto leva em conta cinco aspectos: processo eleitoral e pluralismo, liberdade civil, funcionamento do governo, participação política e cultura política.

O Brasil ganha as melhores notas nos dois primeiros itens, ficando acima de nove pontos numa escala que vai de 0 a 10. Dois critérios derrubam a avaliação do país: participação política e cultura política, que ganham nota 5 e 4,38, respectivamente. De acordo com o instituto, uma democracia forte se mede não só por eleições livres e liberdade civil, mas também por governos transparentes e participação política.

Fonte: R7, www.r7.com