Cachoeira deixa hospital após transtorno de humor, mas promete casar-se em dezembro

Cachoeira deixa hospital após transtorno de humor, mas promete casar-se em dezembro

Cachoeira evitou falar sobre a operação da PF que investiga suas ações criminosas.

Carlos Cachoeira deixou o Instituto de Neurologia de Goiânia, às 8h35 desta sexta-feira (30), acompanhado da mulher, Andressa Mendonça. Vestindo calça jeans e camisa branca, ele saiu sorrindo, disse estar feliz e informou que irá se casar agora em dezembro.

Ele falou por poucos segundos com a imprensa e evitou temas referentes à Operação Monte Carlo e a condenação que sofreu pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal.

Aos 49 anos, ele deu entrada no hospital domingo, 25, com quadro agudo de diarreia, náuseas intensas e transtorno de humor. Segundo avaliação assinada pelos médicos César Leite, Alberto Las Casas e Salomão Rodrigues, o paciente estava com taquicardia, reação de estresse acentuada, transtorno de conduta e reação mista depressiva.

Os exames realizados na tarde dessa quinta-feira (29) apresentaram leve alteração nos batimentos cardíacos, mas a preocupação da equipe médica é com a parte psiquiátrica. Cachoeira recebeu recomendações médicas para manter repouso por 30 dias.

Ele agradeceu o trabalho da equipe médica e das pessoas que torceram pela sua recuperação. Júlio Ramos, irmão de Cachoeira, também esteve no hospital para acompanhá-lo na saída do local.

Fonte: UOL