Câmara aprova duas novas pastas e Habitação começa ainda este ano

Pastas foram aprovadas ontem pelos vereadores da capital, por unanimidade.

Teresina terá duas novas pastas na administração municipal, a Secretaria Municipal de Habitação e a Coordenadoria Municipal de Políticas para Mulheres, que foram aprovadas ontem pelos vereadores da capital, por unanimidade.

O projeto foi enviado pela Prefeitura de Teresina com o objetivo de criar uma estrutura adequada para garantir melhores condições de habitação para a população e expandir o processo de regularização fundiária na cidade. De acordo com o vereador Décio Solano (PT), as pastas já devem começar a funcionar este ano.

“Essa é uma operação prioritária para o prefeito. Tendo em vista a dimensão social dos novos órgãos, o prefeito tem pressa”, argumentou Solano, lembrando que a Secretaria de Habitação deverá ser comandada por Viviane Moura, através da indicação de Décio e da vereadora Rosário Bezerra (PT), enquanto a Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres terá como coordenadora Andreia Lacerda, indicada pela deputada estadual Flora Izabel (PT).

O prefeito Elmano Férrer afirmou que a falta de um órgão específico para tratar da habitação no município prejudicava a população mais carente que não possuía a casa própria e até atrapalhava o controle e acompanhamento das ações na área.

“A Secretaria de Habitação é de extrema importância para a cidade, pois há muitas pessoas que moram em locais irregulares e outras que não possuem um lar para morar. Essa secretaria já existiu e foi extinta no ano 2000. Ao longo desse tempo, as políticas de habitação eram executadas pelas SDUs, mas sentíamos a necessidade de centralizar estas ações e reorganizar a equipe para termos mais eficiência”, disse o prefeito.

Elmano também agradeceu a sensibilidade dos vereadores na aprovação do projeto. “Precisamos deixar claro que todos devem trabalhar juntos para garantir melhores condições para a cidade”, ressaltou.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte