Câmara contra Crack e outras Drogas deve virar Coordenadoria

Segundo Lílian Martins, a Câmara tem cumprido o seu papel articulador.

O Governo estadual tem intensificado as ações de combate às drogas no Piauí. A secretária de Estado da Saúde, Lílian Martins, que participou ontem da programação do Seminário Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas, na Assembleia Legislativa do Piauí, afirmou que a Câmara de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas pode virar um ?órgão diferenciado?. Deputados estaduais e federais, secretários, coordenadores e representantes de entidades ligadas à luta contra as drogas também estiveram presentes no evento.

?Combater as drogas é uma das prioridades do nosso Governo. O governador Wilson Martins está estudando a transformação da Câmara de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas em um órgão diferenciado. Não se sabe ainda se uma secretaria ou uma coordenadoria. A ideia é manter o fórum de debates, com a continuidade do apoio das entidades civis e organizadas?, adiantou Lílian Martins.

Segundo a secretária de Saúde, mesmo com uma atuação ?silenciosa?, a Câmara de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas tem cumprido o seu papel articulador, voltado para a prevenção e o tratamento. Ela destacou ainda que está sendo feita uma capacitação em todo o Estado, envolvendo gestores da área da saúde, para o trabalho adequado à temática sobre drogas.

?Nesse trabalho, são vários os órgãos do Estado envolvidos, inclusive, a Secretaria da Saúde. Parece que houve, de fato, um despertar para a gravidade dessa situação, em todo o país?, frisou a secretária. O debate na Alepi foi promovido pela Câmara dos Deputados, sob a coordenação dos deputados Marllos Sampaio (PMDB) e a deputada federal Iracema Portella.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte