Câmara de Teresina discutirá implantação da Suzano Papel e Celulose

A idéia é discutir e avaliar os estudos de impacto social e ambiental do projeto de monocultura da empresa.

Nessa segunda-feira, a Câmara de Vereadores de Teresina irá realizar uma audiência pública para discutir os pontos da implantação da Suzano Papel e Celulose. A proposição é da vereadora Teresa Brito (PV) que solicitou que fosse discutido e avaliados os estudos de impacto social e ambiental do projeto de monocultura da empresa. A audiência está marcada para as 10 horas no plenário da Câmara de Vereadores. O diretor da Suzano já confirmou presença no encontro.

Segundo Teresa Brito há a necessidade de se discutir com todos os atores envolvidos no processo de implantação da empresa no Estado, também em Teresina que é um dos municípios onde a empresa pretende atuar. ?Não queremos que nossa cidade venha a sofrer impactos ambientais e sociais que tenham conseqüências negativas para nossa população e para o meio ambiente?, justificou, acrescentando que a instalação já foi discutida também em âmbito estadual.

A preocupação, conforme explicou a vereadora, se deve principalmente porque Teresina é abastecida pelos rios Parnaíba e Poti. ?Sempre temos preocupação de verificar a instalação de fábricas no entorno dos nossos rios, para que, nosso meio ambiente não venha a sofrer consequências negativas. Temos que pensar no presente e também no futuro?, frisou, acrescentando que deverão ser analisados se a instalação atende à legislação ambiental e os impactos sociais com a fixação da empresa em Teresina.

Para participar da audiência, foram convidados a população, o Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Piauí, os diretores da Suzano e Organizações Não Governamentais (Ongs) ligadas ao Meio Ambiente. (M.M)

Fonte: Mayara Martins