Câmara faz homenagem a Mussa

Alvaro Dias, levantou a sessão de quintafeira (6), em luto pelo falecimento do deputado

Em atendimento ao artigo 220 do Regimento Interno, o 2? vice-presidente do Senado, Alvaro Dias, levantou a sess?o de quintafeira (6), em luto pelo falecimento do deputado federal Mussa Demes (DEM-PI), ocorrido na noite do dia anterior, vitimado por um c?ncer no pulm?o aos 68 anos.

Apresentaram requerimentos de votos de pesar pelo falecimento do deputado o presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho, e os senadores

Romeu Tuma (PTB-SP), Arthur Virg?lio Neto (PSDBAM), Jos? Agripino (DEMRN), M?o Santa (PMDB-PI) e Jo?o Vicente Claudino (PTBPI), al?m de outros senadores signat?rios.

Ao encaminhar a vota??o de seu requerimento, o senador Romeu Tuma afirmou que, quando foi secret?rio da Receita Federal, tinha em Mussa Demes ?um bom consultor?. Para o petebista, o deputado era um ?tributarista de primeira grandeza?. Tuma manifestou tamb?m o pesar do ex-deputado Robson Tuma, seu filho.

Arthur Virg?lio lembrou que Mussa Demes, al?m de grande tributarista, era

especialista em t?nis, esporte que amava, sabendo o perfil de todos os grandes campe?es. O l?der do PSDB afirmou que trazia seu luto tamb?m por raz?es familiares, j? que seu irm?o J?lio Verne ? casado com Helena Demes do Carmo Ribeiro - ?sobrinha querida como filha? pelo deputado -, para quem pediu tamb?m ? Mesa que fossem enviadas condol?ncias.

Arthur Virg?lio informou ainda que o senador M?o Santa j? havia se dirigido

ao Cear?, estado em que o corpo do deputado foi enterrado. Ser?o enviadas as condol?ncias tamb?m ? fam?lia do deputado; ao governo do Estado do Piau?; ? C?mara dos Deputados; e ao partido Democratas.

Fonte: JMN