Câmara Municipal vota proposta de aumento na PMT

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina realizou ontem um protesto em frente a Câmara.

O secretário municipal de Administração, José Fortes, garantiu que o aumento de 7% concedido aos servidores municipais de Teresina será pago ainda este mês de maio. Segundo ele, o projeto de lei que determina o aumento já foi encaminhado para a Câmara de Vereadores e deverá ser votado até amanhã, 18, em caráter de urgência.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina realizou ontem um protesto em frente a Câmara Municipal, para cobrar dos vereadores agilidade na votação da proposta. ?Os vereadores não possuem competência para realizar modificações no projeto, mas apenas realizar a votação, que deve ocorrer em caráter de urgência como solicitou o Palácio da Cidade?, afirmou o líder do prefeito na Câmara, vereador Olésio Coutinho (PTB), ao informar que irá solicitar uma sessão extraordinária amanhã para realizar a votação.

José Fortes afirmou que apesar do aumento concedido não ter agradado a todos, o percentual de 7% é o máximo que a prefeitura pode conceder. ?Não podemos ser irresponsáveis de oferecer um aumento que não esteja dentro das nossas possibilidades de pagamento. A equipe financeira da prefeitura da capital realizou um grande esforço para que a Lei de responsabilidade Fiscal seja cumprida?, declarou.

De acordo com o secretário, os servidores municipais de Teresina irão receber aumento progressivo. ?Estamos trabalhando para possibilitar um aumento real no vencimento do servidor. Todos os sistemas de informática e todas as tabelas já prontas para programar o aumento para este mês ainda?, disse.

Fortes explicou que os professores da rede municipal de ensino de Teresina inrão receber um piso maior que o nacional.

Fonte: Lídia Brito