Câmara tem renovação de 62%

A Câmara Municipal de Teresina registrou uma das maiores renovações de sua histórica

A C?mara Municipal de Teresina registrou uma das maiores renova?es de sua hist?rica. Apenas oito ver adores eleitos em 2004 tiveram o mandato renovado agora. Entre os derrotados, est?o estrelas da C?mara, como os vereadores Gra?a Amorim, Francisco Nogueira, In?cio Carvalho, Valdinar Pereira, Fernando Said e Sebim.

A conta dos que n?o voltam inclui ainda o vereador Odaly Medeiros, que foi

primeiro suplente do PT na elei??o passada e depois substituiu C?cero Magalh?es, eleito deputado. Odaly n?o volta. Como ele, outro petista, Jacinto Teles. A renova??o (13 em 21 cadeiras) ? de 62%.

Apesar de eleger S?lvio Mendes com vantagem avassaladora, o PSDB perde espa?o: elegeu seis vereadores, quando as proje?es indicavam sete ou oito. Quem cresceu foi o PT, que passa a contar com tr?s vereadores, um a mais do que tem atualmente.

E o PMDB mant?m as duas vagas que tinha, embora com novos ocupantes:

saem In?cio e Carmem L?cia, entram Luiz Lob?o e Z? Nito. O DEM, que em 2004 elegeu Carlos Filho, torna a eleger um vereador, agora Roney Lustosa. Para completar, os democratas viram Carlos (que deixou o partido pelo PTB) ficar sem mandato.

O PP, que tinha duas cadeiras, fica s? com uma ? R. Silva conseguiu se reeleger, mas Valdinar Pereira perdeu o mandato. O PCdoB perde a vaga que tinha: Jo?o Cl?udio n?o disputou a reelei??o. Dino Pereira n?o conseguiu conservar o espa?o do partido. O PSB faz dois vereadores, Rodrigo Martins e Edvaldo Marques, e o PDT conserva a vaga de Dr. Pessoa.

O mesmo acontece com o PV, que mant?m seus dois vereadores, Teressa Brito e Ananias Carvalho.

Fonte: JMN