Campanha de Serra começa no nordeste, diz presidente do PSDB

Da sede do PSDB, o presidente do partido concedeu entrevistas a jornalistas e não poupou a concorrência

Na véspera do lançamento da candidatura de José Serra, marcado para este sábado, 10, com grande festa em Brasília, o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra, disse que o partido não definirá, nos próximos dias, o nome do vice-candidato:

- A decisão sobre o vice ficará para maio ou junho. A orientação é não falarmos sobre isso agora.

Disse, ainda, que a campanha de Serra começará pelo nordeste, reduto eleitoral do presidente Lula:

- Temos que estar no nordeste, porque ainda temos condições de crescer lá. Não que o sudeste não nos seja importante, mas as viagens, muitas vezes, acontecem por solicitações que o candidato não pode negar. É uma agenda compulsória.

Da sede do PSDB, o presidente do partido concedeu entrevistas a jornalistas e não poupou a concorrência: "Todos ficamos muito satisfeitos quando Dilma fala", ironizou, fazendo alusão às declarações recentes da pré-candidata Dilma Rousseff.

Guerra reafirmou a inteção tucana de evitar comparações, "a gente é um partido pro futuro":

- Não vamos comparar nada com coisa nenhuma, não vamos comparar FHC, Lula, Serra, Dilma. Todos querem ouvir a palavra do Serra e não é para falar do passado, apresentamos um candidato que significa mais passo adiante.

O senador, que será um dos coordenadores nacionais da campanha, afirmou que o operacional estará centralizado em SãoPaulo, mas garantiu que isso não significa um privilégio ao estado.

Guerra afirmou não se preocupar com a festa PT de amanhã: "Não incomoda nem interessa, vamos cumprir, espero que eles façam o mesmo, coisa que sabemos que eles não fazem com muito freqüência".

Fonte: Terra