Eduardo Campos, pré-canditato à Presidência, se diz contra aborto

Eduardo Campos, pré-canditato à Presidência, se diz contra aborto

Ele complementou que não vê motivo para que a lei seja alterada

Neste domingo, Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco e pré-candidato à Presidência da República (PSB), defendeu a legislação brasileira sobre o aborto e disse ser contra práticas que interrompam a gravidez. As informações são da Folha de S. Paulo.

?Acho que a legislação brasileira é adequada, e como cidadão, a minha posição é a de todos. Não conheço ninguém que seja a favor do aborto?, disse Campos no interior de São Paulo, onde participou da missa de Páscoa no Santuário Nacional de Aparecida.

Ele complementou que não vê motivo para que a lei seja alterada, pois ela já prevê os casos e circunstâncias em que o aborto é permitido sem que seja considerado crime. Em relação a sua posição pessoal sobre o tema, o ex-governador disse: ?como cristão, cidadão e pai de cinco filhos, minha vida já responde à pergunta?.

Fonte: Terra, www.terra.com.br