Candidata de 17 anos é a mais votada para Câmara no RS

A própria Gislaine se disse surpresa com o resultado das urnas.


Menor de idade se elege vereadora para batalhar pelos jovens

Dentre os fatos curiosos que marcam os resultados eleitorais Brasil afora, a cidade de Ipê, no interior do Rio Grande do Sul, foi responsável pela eleição de uma menor de idade. Gislaine Ziliotto (PT), de apenas 17 anos, não só se elegeu para a Câmara de Vereadores como foi a candidata mais votada entre os que disputaram o parlamento local, ao obter 335 votos.

A própria Gislaine se disse surpresa com o resultado das urnas e coloca como motivo para sua eleição a vontade de trabalhar e o esgotamento com os políticos tradicionais da cidade. "Pelo fato de o pessoal estar cansado com a mesmice de sempre eles resolveram apoiar a ideia jovem, com vontade de fazer a mudança e trabalhar. Isso foi o que mais deu certo", avaliou a vereadora, que cursa o terceiro ano do Ensino Médio.

A petista completa 18 anos no dia 1º de janeiro de 2013, situação que lhe permitiu concorrer ao cargo, uma vez que somente maiores de 18 podem assumir cargos legislativos. Além de superar o tabu da idade, Gislaine é apenas a segunda vereadora a ser eleita na cidade pelo Partido dos Trabalhadores, que nesta eleição conquistou duas cadeiras na Câmara local.

A partir de 2013, Gislaine tentará viabilizar suas propostas, mas para isso precisará de habilidade de negociação, uma vez que o prefeito eleito pertence ao PP, adversário dos petistas na disputa local. A vereadora disse que ainda não conversou com seu único companheiro de bancada, Adilso Salvador (PT), para definir de que maneira irá se portar diante do Executivo e implementar as ideias defendidas durante a campanha.

"As minhas propostas foram mais voltadas para a ala jovem. Defendo o incentivo ao esporte, à cultura e quero apoiar o pessoal que faz faculdade, batalhando pelo transporte de graça. Também vou trabalhar, junto com o prefeito, por um distrito industrial para empregar a juventude, que precisa buscar empregos em outros municípios e em outras regiões porque aqui não tem muitos empregos para os jovens", comentou a mais nova vereadora de Ipê.

Fonte: Terra