Candidata denuncia troca de votos por caixa d´água ao MPE-PI

Ontem foi a vez da candidata do PT à Assembléia Legislativa, Zenaide Lustosa, fazer denúncias à Justiça Eleitoral

Depois do senador Heráclito Fortes (DEM), que denunciou ao Ministério Público Eleitoral supostas compras de votos que estariam ocorrendo com adversários no interior do Estado, ontem foi a vez da candidata do PT à Assembléia Legislativa, Zenaide Lustosa, levar ao procurador regional eleitoral, Marco Aurélio Adão, denúncias sobre a troca de votos por caixas d"água em comunidades rurais do município de União.

?Passei todos os detalhes do documento. Lá na comunidade com certeza vão informar o nome do candidato. Então, se estou encaminhando para a Procuradoria Eleitoral os elementos para descobrirem os fatos, espero que justiça seja feita, pois o voto do eleitor é livre e não pode ser trocado?, explicou Zenaide. Ela destaca que tem conhecimento de outras situações semelhantes, onde há casos de compra de votos mas não é possível comprovar as acusações. "Espero que a denúncia ajude, agora cabe ao MPE-PI investigar, já que eles têm poder de polícia", frisou Zenaide.

Lustosa revela que recebeu uma ligação telefônica contando que em uma comunidade chamada "Saco de Fogo", foi instalada uma caixa d"água com duas torneiras e em outra comunidade chamada "Vai Quem Quer", ambas na zona rural de União, foi instalada outra caixa d"água por lideranças ligadas à um candidato à deputado estadual.

A petista ressalta que é necessário fazer uma reforma política, já que o financiamento público de campanha inibiria o abuso de poder econômico durante o período eleitoral. "São casos de compra de votos descarados e vemos informações da Justiça Eleitoral de que essas denúncias não se confirmam, então rescolvi oficializar o que foi comunicado a mim", pontuou. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte