Candidato concorre sozinho em eleição para prefeito de Jeriquara

Mesmo sem concorrentes, vitória não está garantida no município.

A cidade de Jeriquara (SP) terá apenas um candidato a prefeito na eleição deste ano. Um acordo entre os partidos no município colocou o agricultor Sebastião Henrique Dal Piccolo (PSD) como única opção para os 3,3 mil eleitores do município.

A aliança que contou com os apoios de PDT, PT, PTB, PMDB, PR, PPS, DEM e PSB, além do partido do candidato, divide as opiniões dos moradores. Enquanto alguns reclamam da falta de alternativas, são indiferentes ao acordo.

?Se tivesse mais opções seria melhor para a população, para a gente poder escolher ?, diz o pintor Aparecido Barbosa. O pedreiro José Macino afirma, no entanto, que o importante não é a quantidade de candidatos. ?Para a gente não importa se tivesse dez, a gente quer sempre o melhor para a cidade."

Derrota é possível

A candidatura única não garante a cadeira de prefeito. Para ser eleito, Piccolo vai precisar do apoio nas urnas de 50% dos eleitores e, ao menos, mais um voto. Em Jeriquara isso corresponde a 1.672 votos.

?Ele [o candidato] concorre com todos os [votos] brancos e nulos, ou seja, tendo mil votantes, ele precisará de 501 votos?, explicou o advogado especialista em direito eleitoral Denilson Carvalho.

Caso o candidato não consiga a maioria simples dos votos, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) marcará uma nova eleição, com a possibilidade de participação de outros candidatos.

?Como não dará tempo, pelo prazo, de marcar uma nova eleição ainda neste ano, em janeiro o atual prefeito deixa normalmente o cargo e quem assume interinamente é o presidente da Câmara, até que se defina a nova eleição."

Fonte: G1