Candidato Nacy, do PSTU, é o mais rejeitado segundo pesquisa eleitoral em Timon

A terceira maior rejeição (21%) cabe à candidata do PT, professora Uerly Queiroz

Nacy, candidato do radical Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU), tem pouco mais de 1% das inten?es de voto. Mas quando o assunto ? rejei??o, ele fica na primeira posi??o, segundo revela a pesquisa sobre a corrida eleitoral em Timon, realizada pelo IPOP para o Sistema Meio Norte. Nada menos que 30,3% dos eleitores entrevistados dizem que n?o votariam em Nacy de jeito nenhum. O segundo colocado, com 28,7% de rejei??o, ? o ex-deputado Luciano Leitoa, do PSB.

A terceira maior rejei??o (21%) cabe ? candidata do PT, professora Uerly Queiroz, que sequer ? citada nas pesquisas de inten??o de voto. Outra vez a prefeita Socorro Waquim fica bem na avalia??o da opini?o p?blica, j? que registra a menor rejei??o entre os quatro postulantes ? Prefeitura de Timon: 15% n?o votariam nela para um segundo mandato.

Mas a perspectiva de um segundo mandato para Socorro ? visto como merecido por cerca de dois ter?os dos eleitores timonenses. O IPOP quis saber se Socorro merecia ser reeleita. Dos entrevistados, 65,7% disseram

que sim, e apenas 24% afirmaram que ela n?o merece ser reconduzida.

A percep??o do eleitor ? que Socorro tende a ser a vitoriosa na disputa deste ano, repetindo a conquista de 2004, quando venceu Chico Leitoa, pai do atual candidato do PSB. Segundo o IPOP, 65,7% dos eleitores acreditam que a prefeita vencer? o pleito de 5 de outubro, enquantro 14,3% avaliam

que a vit?ria ser? de Luciano.

Um total de 19% n?o souberam responder. Os que citaram Nacy ou Uerly somam apenas 1% dos entrevistados.

Fonte: Fenelon Rocha, meionorte.com / TV Meio Norte