Candidatos a vereador sobem 75% em Teresina

Candidatos a vereador sobem 75% em Teresina

Em 2008, foram registrados 295 candidatos a vereadores. Neste ano já são 518 os inscritos para disputar cadeira na Câmara

A quantidade de candidatos a vereador em Teresina na eleição deste ano ultrapassa em 75,6% o número registrado no último pleito, em 2008. Os dados foram divulgados ontem pela 1ª Zona Eleitoral de Teresina. Em 2008, foram registrados 295 candidatos a vereadores. Esse ano, já são 518 os nomes registrados para concorrer às 29 vagas para a Câmara Municipal ? na eleição passada eram 21 vagas. A relação entre candidatos e vagas aponta para uma concorrência de 17,8 candidatos por vaga em Teresina. Também foram contabilizadas 14 candidaturas majoritárias, sendo sete candidatos a prefeito e sete a vice-prefeitos.

Na capital, foram formadas 12 coligações, sendo cinco com candidaturas isoladas. A coligação ?Unidos por Teresina? formada pelo PSDC e PTdoB lançou 58 candidatos a vereador em Teresina. A coligação ?Frente Socialista Cristã?, do PPS e PSC tem 56 candidatos.

A coligação ?Mais Trabalho para Teresina?, formada pelo PTB, PRTB e PPL lançou 26 candidatos proporcionais. Já a coligação ?Força do Trabalho?, do PP, PDT e PMDB tem 26 candidatos a vereador. A coligação ?Aqui tem ficha limpa?, do PTN e PTC tem 58 candidatos a Câmara de Teresina. A coligação ?Por uma Teresina melhor?, do PRP e PSL, tem 47 candidatos proporcionais.

Já a coligação ?Com a força do povo II?, formada pelo PRB, PSB e PMN tem 39 candidatos a vereador. A ?Esquerda revolucionária?, do PCB e PCO lançaram cinco candidatos a Câmara. A coligação ?Construindo novos caminhos II?, do PSDB e PSD, tem 26 candidatos a cargo proporcional.

OUtra aliança proporcional, do PV e PR tem 52 candidatos a Câmara.

Outros seis partidos lançaram candidatos isolados à Câmara. PT sai com chapa pura com 25 candidatos, PSTU tem 7 candidatos, PSOL mais quatro candidatos, DEM outros 42 candidatos, PC do B mais 28 candidatos e PMDB mais 20 candidatos.

Depois da divulgação do edital de candidatos registrados, que deve ocorrer em até quatro dias, serão abertos cinco dias para que partidos, coligações e candidatos solicitem pedido de impugnação.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte