Caseiro Francenildo chama Serra de "oportunista"

Caseiro Francenildo chama Serra de "oportunista"

Depoimento foi exibido na propaganda eleitoral de Plínio Sampaio (PSOL).

O caseiro Francenildo dos Santos Costa, que teve o sigilo bancário violado em 2006, participou nesta terça-feira (7) da propaganda do candidato do PSOL à Presidência, Plínio de Arruda Sampaio. Em depoimento, ele critica o candidato do PSDB ao Palácio do Planalto, José Serra, por comparar seu caso com as quebras de sigilo fiscal de pessoas ligadas ao PSDB, inclusive da filha do tucano, Verônica Serra.

"Para mim ele [Serra] está sendo oportunista. Acho errado, porque ele está usando minha honestidade", afirmou o caseiro.

Em 2006, o caseiro, que trabalhava que casa supostamente frequentada por pessoas ligadas ao ex-ministro da Fazenda e atual coordenador da campanha de Dilma Rousseff (PT), Antonio Palocci, teve seu sigilo bancário violado.

Palocci foi acusado pelo Ministério Público de ter ordenado a quebra do sigilo, mas a denúncia acabou arquivada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

No programa, Plínio defendeu Francenildo e afirmou que a política virou um ?vale-tudo?. Segundo ele, denúncias como essas desviam o debate eleitoral dos reais problemas.

Fonte: g1, www.g1.com.br