Chance do PTB apoiar Dilma é remota, diz Roberto Jeferson

Segundo ele, a decisão final do partido sobre as eleição presidenciais será anunciada até maio

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, atacou neste sábado a ministra Dilma Rousseff e garantiu que é ?remota? a chance de seu partido apoiar a candidatura da ministra a presidência da República nas eleições de 2010. ?A minha posição pessoal é de não ficar ao lado da candidatura da ministra Dilma. Sei que em política não se deve dizer dessa água não beberei, mas é a chance mais remota o PTB apoiar a candidatura de Dilma numa eleição presidencial?, afirmou ele, ao participar em Teresina, no Piauí, da abertura do 2º Encontro dos Jovens do PTB.

Segundo ele, a decisão final do partido sobre as eleição presidenciais será anunciada até maio em convenção. Na capital piauiense, Roberto Jefferson elogiou a candidatura de Marina Silva, pré-candidata do PV, e atacou a de Dilma Rousseff.

?Ela (Dilma) é intolerante, autoritária, impaciente. Nunca teve voto para vereador, deputado ou prefeito. Nunca teve votos?. O presidente do PTB disse ainda que vê a candidatura da Marina Silva com ?bons olhos?. ?Ela é uma grande candidata. Serena, equilibradíssima. Ela é a mensagem nova e vai dar trabalho?, disse.

Saia justa

Ao declarar que o prefeito de Teresina, Sílvio Mendes (PSDB), é ?um mau administrador?, Roberto Jefferson criou mal estar para os petebistas da capital do Piauí, já que o partido é aliado do PSDB na cidade. Jefferson duvidou das pesquisas eleitorais que apontam Sílvio Mendes na liderança para disputar o governo do Estado.

As críticas foram feitas na presença do vice-prefeito de Teresina, Elmano Ferrer, do PTB, e do senador João Vicente Claudino, que é presidente do Diretório Estadual do partido no Estado.

Fonte: Terra, www.terra.com.br