Definido destino de recursos para Judiciário

A intenção da reunião é a destinação de emendas federais para o poder judiciário do Estado do Piauí

Estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira, 8, em auditório da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) representantes dos três poderes. Na pauta, destinação de emendas da bancada federal para o poder Judiciário. Dentre os presentes o governador Wellington Dias, prefeito de Teresina, Silvio Mendes; presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Raimundo Nonato Alencar; presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Raimundo Eufrásio; presidente da Alepi, deputado Themístocles Filho; senador Mão Santa, representando a bancada federal; presidente da Câmara de Teresina, Renato Berger, dentre outras autoridades. De acordo com o anfitrião daquela Casa, deputado Themístocles Filho, a intenção da reunião é a destinação de emendas federais para o poder judiciário do Estado do Piauí, naquilo que for prioridade para aquele poder. “Estão sendo pensadas melhorias de infraestrutura no entorno da Alepi, como estacionamento, aspectos urbanísticos, enfim, vez que concentra diversas repartições. O que queremos é um entendimento com vistas em melhorias para todos”, destacou. O presidente do TJ, desembargador Alencar, ressaltou a importância desse momento com a bancada e falou da necessidade de mais recursos para suprir as necessidades imediatas. Também aproveitou o momento para destacar o empenho do governo estadual nas obras de conclusão do Fórum. “O Governo do Estado vem se empenhando para que o resultado seja alcançado, mas reconheço que só o erário estadual não pode suportar uma obra de tamanho porte”. O governador Wellington Dias também falou da importância de uma reunião como aquela no sentido de todos os poderes juntos buscarem soluções com vista à melhoria e ao desenvolvimento do Piauí. Para tanto, o governador firmou compromisso de que o que fosse decidido e planejado entre os poderes seria cumprido. O líder da bancada federal, deputado Marcelo Castro, explicou que como há uma proibição de destinação de verba de emenda para outro poder que não o executivo, a bancada destinaria emenda para o executivo para a construção de obras de melhorias para a população e o que o Estado investiria nessas obras, repassaria ao Judiciário. Na ocasião, o governador fez um elogio público a toda a bancada, que independente de sigla partidária trabalhou em nome do interesse público. Ele disse que ainda não ficou acertado nenhum valor, mas ressaltou a iniciativa, vez que é necessário que a bancada se reúna para que possam ser definidas as ações prioritárias os anos de 2010/2011.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br