Chuva enche barraginhas no semiárido piauiense

Com o início do período chuvoso os moradores da comunidade Angical, município de Valença, estão vendo o resultado animador na terra

Com o início do período chuvoso os moradores da comunidade Angical, município de Valença, estão vendo o resultado animador na terra, com o acúmulo de águas de chuvas a terra fica úmida e a plantação mais viva, é o que afirma o agricultor Marcos Pereira. Que mostrou com entusiasmo as três barraginhas construídas na sua terra. Os agricultores mostraram seus quintais produtivos com plantação de milho, arroz, frutas e legumes.

A coordenadora de Convivência com o Semiárido, Lúcia Araújo, explica que estas unidades são parte do Projeto Barraginhas que vai construir pelo menos 4 mil unidades em 20 municípios do Piauí no ano de 2010, numa parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), através da Secretaria de Segurança Alimentar. O investimento será da ordem de R$ 2,8 milhões.

O Projeto é uma alternativa viável para o desenvolvimento da agricultura familiar, tendo em vista os benefícios que o modelo vem trazendo às propriedades rurais que foram atendidas nos últimos anos. Na primeira etapa desse tipo de projeto, concluída no ano de 2008, foram feitas 3.600 barraginhas em 12 municípios.

Nessa nova etapa de construção de barraginhas estão sendo beneficiados produtores rurais dos municípios de Valença, Pimenteiras, Picos, Dom Expedito Lopes, Itainópolis, Jacobina, Paulistana, Acauã, Betânia, Campo Grande, Francisco Santos, Pio IX, São Raimundo Nonato, Coronel José Dias, Jurema, Guaribas, Oeiras, São João da Varjota, Santo Inácio do Piauí e São Francisco de Assis do Piauí.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br