Cid Gomes deve pedir demissão ou ser demitido, diz líder do DEM

Segundo Mendonça Filho, os achacadores anunciados por Gomes seriam parlamentares da base governista.


O líder do DEM, deputado Mendonça Filho (PE), disse há pouco que o ministro da Educação, Cid Gomes, precisa pedir demissão ou ser demitido pela presidente Dilma Rousseff. “Só há duas opções: ou o ministro se demite do cargo, ou a presidente Dilma demite o ministro. Ou então os 400 deputados da base do governo assumem que são achacadores e aí o ministro fica no cargo.”

O deputado foi o autor do requerimento para convocar Gomes para explicar a fala, feita na Universidade Federal do Pará no mês passado, de que 300 ou 400 parlamentares são “achacadores” que se aproveitam da fragilidade do governo.

Segundo Mendonça Filho, os achacadores anunciados por Gomes seriam parlamentares da base governista. “Os achacadores são os 400 deputados da base governista segundo o ministro Cid Gomes. Fez mais, ele apontou para o centro da Mesa do Parlamento brasileiro, precisamente para Eduardo Cunha e, simbolicamente, apontou o presidente da Câmara como achacador.”

Para Mendonça Filho, a base do governo na Câmara ficou em uma situação “desmoralizante” e a fala do ministro dispensa a necessidade de oposição. “Este governo produz uma crise por dia”, disse o líder do DEM.

A sessão prossegue no Plenário Ulysses Guimarães.

Fonte: TV Câmara