Teresina tem apenas 20 agentes para fiscalizar seus 526 candidatos

Teresina tem apenas 20 agentes para fiscalizar seus 526 candidatos

Para ajudar a coibir irregularidades e abusos na campanha eleitoral de 2012, a população também poderá fazer sua parte.

Uma equipe de cerca de 20 pessoas é responsável pela fiscalização da campanha eleitoral de toda a Teresina, tanto na zona rural como urbana, da cidade.

Um total de 518 candidatos a vereador mais os oito que disputam o cargo de prefeito da cidade deverão ser fiscalizados por essa equipe, que trabalha em todos os turnos. Para ajudar a coibir irregularidades e abusos na campanha eleitoral 2012, a população também poderá fazer sua parte.

Aqueles que detectarem algum tipo de campanha que não esteja de acordo com as regras eleitorais poderão entrar em contato com a fiscalização da campanha e fazer a denúncia, através do número 3221-9097.

Os interessados em colaborar com a fiscalização da campanha eleitoral poderão ligar nesse número qualquer dia da semana, nos três turnos.

?A pessoa liga, identifica-se, diz qual a denúncia e o local da irregularidade e nós vamos até lá checar a veracidade do fato. Para isso, as pessoas devem manter-se atualizadas sobre as regras para que não façam denúncias infundadas.

Até agora, nas nossas fiscalizações, encontramos poucas irregularidades e nenhuma delas era muito grave?, disse o fiscal da 63ª Zona Eleitoral, Joaquim Eduardo de Vasconcelos.

Ele explica que o plantão para receber denúncias acontece durante todos os dias da semana, das 7h às 19h. As equipes de fiscalização estão trabalhando durante todos os dia da semana, durante os três turnos para que sejam evitadas as propagandas irregulares.

?Quando nós encontrarmos alguma propaganda irregular, como no caso de cavaletes, por exemplo, nós vamos apreender e eles não serão mais devolvidos ao candidato que cometeu o ato irregular?, disse.

Dentre as regras para essa campanha estão as proibições e liberações de cavaletes, um dos recursos mais usados pelos candidatos durante este período.

Eles só poderão ser usados em avenidas como Avenidas João XXIII (exceto nos trechos entre a Avenida Nossa Senhora de Fátima e Ponte Juscelino Kubitschek), Nossa Senhora de Fátima, Dom Severino, Zequinha Freire, Joaquim Nelson, Raul Lopes, Marechal Castelo Branco, Petrônio Portela, Duque de Caxias, dos Ipês, Jockey Club, Elias João Tajra, Central do Saci, Barão de Gurgueia, Valter Alencar, Gil Martins, Pedro Freitas, Cajuína, Henry Wall de Carvalho, Freitas Neto e Ulysses Guimarães.

Fonte: Pollyanna Carvalho