Ciro Nogueira confirma apoio do PP à Dilma Rousseff

A petista Dilma Rousseff teve a garantia "de apoio político informal" da bancada do Partido Progressistas (PP)

A petista Dilma Rousseff teve a garantia "de apoio político informal" da bancada do Partido Progressistas (PP), na última quinta-feira, dia 14, nesta reta final do segundo turno das eleições presidenciais. O senador eleito Ciro Nogueira confirmou que este foi o resultado de uma reunião com a candidata que, na oportunidade, recebeu propostas para serem avaliadas e integradas ao seu Programa de Governo, sobretudo questões relacionadas à política financeira e beneficiamento de pequenas empresas.

"O objetivo da nossa reunião era consolidar o apoio da sigla, que é presidida pelo senador Francisco Dornelas (RJ), na base de apoio da Ministra Dilma Rousseff. Encaramos com muita naturalidade a decisão, mesmo que tenha acontecido informalmente, em função de alguns problemas isolados. O importante é ressaltar que a Ministra conta com a adesão de 22 dos 27 diretórios progressistas?, disse.

De acordo com Ciro Nogueira, a confirmação do apoio do PP no segundo turno teve como contrapartida a garantia da candidata de pelo menos quatro pontos apresentados na carta de propostas.

?O PP foi um grande parceiro do Governo Lula. No Piauí, reforçamos este apoio que resultou em 67% dos votos para a candidata Dilma Roussef. E a nossa intenção é colaborar mesmo com projetos e propostas, entre elas, que já foi sinalizada positivamente a ampliação do Super Simples que beneficia micro e pequenas empresas. Além disso, apresentamos um programa que promova uma profunda alteração no que se refere à desburocratização de empresas?, explicou o senador eleito.

Além de Ciro Nogueira, participaram do encontro o Ministro das Cidades Márcio Fortes (PP), o governador de Goiás Alcides Rodrigues (PP), Benedito de Lira (PP-AL) e o deputado federal Mário Negromonte (PP), ex-líder do PP na Câmara.

?Atendi a um pedido do presidente Lula. Ele considerou mais importante a nossa participação, aqui, em Brasília, nessa reunião, para tentar levar todo o partido para a base de apoio da Ministra Dilma Roussef?, pontuou Ciro Nogueira, se referindo à agenda do presidente, nesta quinta, 14, no Piauí e justificando sua ausência.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte