Com 8 vereadores a mais, Elmano afirma que não haverá problemas

"Temos uma representatividade muito boa no grupo que tem analisado a planilha", disse Elmano sobre o caso das passagens de ônibus.

Durante a solenidade de posse do novo presidente da Companhia de Águas e Esgotos do Piauí (Agespisa),

Raimundo Neto Nogueira, na manhã de ontem, o prefeito Elmano Férrer (PTB) afirmou que vai buscar entendimento com a empresa no que diz respeito às obras de esgotamento que estão sendo realizadas

em Teresina. O prefeito afirmou que vai cobrar da empresa a devida restauração da pavimentação das

ruas que estão sendo quebradas por conta dos serviços.



?Essas obras de esgoto são importantes para a cidade, essa troca da tubulação que era de amianto por outro tipo de material, de plástico. O ônus que fica é que às vezes não fazem a restauração devida do calçamento e da pavimentação asfáltica. Eu reclamo juntamente com a população?, declarou o prefeito.

Ao ser questionado sobre o aumento do número de vereadores na Câmara Municipal de Teresina, aprovada por unanimidade no plenário na última quinta-feira, 15, Elmano disse que o repasse para a

Câmara continuará em 4,5% do orçamento, o que não será problema, porque, segundo ele, a gestão financeira do legislativo municipal é bem feita.

?Há superávit na Câmara. Mesmo aumentando em oito o número de vereadores, não haverá problemas

financeiros. Ano passado, a administração foi tão correta que devolveu à prefeitura quase R$

1 milhão?, declarou Elmano. No que diz respeito à auditoria das planilhas de custos das empresas de ônibus coletivo da capital, o prefeito informou que todos os trabalhos necessários estão sendo feitos.

?Tem prazo estabelecido e a planilha já tem sido analisada mesmo antes dos protestos ocorridos.

Temos representantes da Câmara, Assembléia Legislativa, Universidades, usuários do sistema,

enfim uma representatividade muito boa no grupo que tem analisado a planilha, um grupo bem eclético,

e creio que teremos um final que vai atender a todos. Setiver que trazer qualquer profissional de qualquer parte do Brasil que possa nos ajudar, ele será chamado?, finalizou.

Fonte: Raphael Reis