Com a saída de Joaquim Barbosa, Ricardo Lewandowski é eleito presidente do STF

Com a saída de Joaquim Barbosa, Ricardo Lewandowski é eleito presidente do STF

O mandato será de dois anos. Ainda não há previsão para a data da posse.

O ministro Ricardo Lewandowski foi eleito nesta quarta-feira (13) presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), no lugar de Joaquim Barbosa, que se aposentou no final de julho. "Estou extremamente sensibilizado. (...) Comprometo-me o a honrar as tradições mais do que seculares do Supremo Tribunal Federal", disse Lewandowski, que já estava como interino desde o começo deste mês. A vice-presidente do Supremo será a ministra Cármen Lúcia. "Prometo ser uma vice mineira, quase invisível", declarou.

O mandato será de dois anos. Ainda não há previsão para a data da posse. O resultado já era esperado porque a votação é uma mera formalidade uma vez que, tradicionalmente, o plenário elege o magistrado com maior tempo de Casa que ainda não foi presidente. O objetivo é que os magistrados se alternem no comando da Corte. Como de costume, cada ministro escreveu o seu voto em um papel e o mais novo na Corte, no caso o ministro Luís Roberto Barroso, anunciou o placar. Aos 66 anos, Lewandowski é ministro do Supremo há oito anos, chegando à Corte por indicação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Fonte: UOL