Com Dilma nos EUA, Temer assume como presidente em exercício

Ela foi recebida por grupo contrário ao impeachment e recebeu flor

 A presidente Dilma Rousseff está nos Estados Unidos para participar, nests sexta-feira (22), de uma cerimônia na sede da Organização das Nações Unidas (ONU) para a assinatura do acordo de mudanças climáticas.

Dilma pousou em Nova York às 21h, horário de Brasília. Ela levou cerca de uma hora no percurso até a residência do embaixador da missão do Brasil da ONU, que é onde vai ficar hospedada. Ao chegar, Dilma foi recebida por um grupo de manifestantes contrários ao impeachment. Ela recebeu flores e acenou para as pessoas.

Com a viagem de Dilma, Michel Temer assumiu como presidente interino. Nesta quinta (21), ele deu uma entrevista ao "Wall Street Journal". Foi uma resposta antecipada às possíveis declarações de Dilma em Nova York. A manchete destaca: "vice-presidente do Brasil afirma estar pronto para assumir o comando". Ele disse que cada passo do impeachment foi feito de acordo com a constituição. E pergunta: “como isso pode ser um golpe?”. Temer também se refere à presidente: "ela diz que estou instigando o golpe e isso é perturbador", afirmou.

Temer vai ficar no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente. Foi uma recomendação da equipe de segurança do governo. Temer continua como presidente em exercício até sábado (23), quando Dilma volta ao Brasil.

Image title

Fonte: Com informações do G1