Comissão de Ética da Presidência arquiva denúncia contra Adams

Adams pediu afastamento do relator das 'pedaladas fiscais' no TCU

A Comissão de Ética Pública da Presidência da República arquivou nesta terça-feira (20) denúncia feita ao colegiado pelo líder do PPS na Câmara, deputado Rubens Bueno (PR), contra o Advogado-Geral da União, Luis Inácio Adams. Bueno pedia que a comissão determinasse o afastamento imediato de Adams do cargo, além "de sua destituição do cargo". 


Image title

Na denúncia, Bueno acusou Adams de lançar dúvidas sobre a imparcialidade do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Augusto Nardes, relator do julgamento das contas do governo federal em 2014. No pedido, o deputado também acusava o advogado-geral de "abalar a honorabilidade do ministro", durante entrevista coletiva à imprensa.



Fonte: Com informações do G1