Comissão do Senado vai avaliar proposta de novas eleições gerais

O grupo precisava da assinatura de 27 senadores e conseguiu 30.

Nesta terça-feira (19), um grupo formado por seis senadores protocolou na Secretaria Geral da Mesa do Senado uma proposta de emenda à Constituição (PEC) para que ocorra novas eleições presidenciais no dia 2 de outubro deste ano, junto com as eleições para prefeito.

Para que o texto fosse protocolado, o grupo precisava da assinatura de 27 assinaturas, no final da contagem, 30 parlamentares apoiaram a decisão. Agora o texto vai seguir para análise da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, para depois ir para o plenário onde precisa do voto de 54 senadores para ser aprovada.

Se for aprovada, essa PEC deverá voltar para a Câmara dos Deputados e ser aprovada. Caso a emenda seja aprovada, o presidente eleito assumiria no dia 1º de janeiro de 2017 em um mandato de dois anos.

Senado brasileiro (Crédito: Reprodução)
Senado brasileiro (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1