Comissão firma acordo territorial em 30 cidades do Piauí em litígio

O prefeito de Francisco Macedo, Cristovão Alencar, disse estar satisfeito.

Pelo menos 30 dos 80 municípios em litígio no Piauí já firmaram acordo na Comissão de Estudos Territoriais do Estado do Piauí. Ontem mais prefeitos estiveram reunidos na Alepi com os membros da CETE e sinalizaram positivamente pelo fim das disputas envolvendo limites, como é o caso de Bela Vista e Simplício Mendes.

O deputado João de Deus avaliou de forma positiva o trabalho realizado.

?Conseguimos encontrar soluções negociadas. Com os acordos firmados na CET cabe agora às Câmaras Municipais elaborarem os projetos e aqui na Assembleia Legislativa vamos transforma em Lei que posteriormente devem ser sancionadas pelo governador. É realmente gratificante ver disputas históricas serem resolvidas desta forma?, relatou o parlamentar.

O prefeito de Francisco Macedo, Cristovão Alencar, disse estar satisfeito. Segundo ele, foi resolvido litígio com os municípios de Padre Marcos, Caldeirão Grande, Alegrete e Marcolândia. Também estiveram hoje na CETE representantes de Simplício Mendes e o prefeito de Bela Vista do Piauí, Josimar Coelho. Ele explicou que o acordo firmado envolve apenas a localidade Cantinho.

Para o representante do CREA, Sandro Souza, a ?grande evolução deste trabalho é que está sendo feito de forma técnica e transparente. Por isso temos avançado nas negociações. Apesar do litígio entre Teresina, Curralinhos e Nazária ainda não estar resolvido ainda não esgotamos as tentativas para um acordo?.

O presidente da CETE é o deputado Antônio Félix (PSD). A Comissão ainda é formada por Elias Alves Barbosa (Governo do Estado); Raimundo Nonato da Silva Filho, Guilherme Hermes Silva Nascimento e Francisco das Chagas Sotero (IBGE); Francisco Soares Filho e Francisco Ferreira de Lima (APPM); e Bartolomeu da Silva Melo Filho (assessor da CETE).

Fonte: Jornal Meio Norte