Comunidade da zona rural recebe sistema de abastecimento de água

Sistema de 50 mil litros e 19 mil metros de rede de distribuição

Os moradores do povoado Baixão Tamboril, na zona rural, receberam hoje (08), sistema de abastecimento de água. A obra foi realizada com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento - PAC - através de convênio entre a Prefeitura de Teresina e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

Image titleO sistema  de 50 mil litros e com 19 mil metros de rede de distribuição irá beneficiar quase 500 famílias da das comunidades de Baixão do Tamboril, Taboquinha e Cacimba Velha.

A solenidade teve início com uma missa em ação de graças e contou com a presença de moradores da região, líderes comunitários, representantes da Câmara Municipal, do presidente da Funasa, Evaldo Ciríaco, gestores estaduais e municipais.

O superintendente da SDR, Paulo Lopes, disse que outras comunidades receberão o mesmo tipo de sistema. “Nossa missão é dar melhores condições de vida a quem precisa. Outras 6 comunidades serão beneficiadas com o esse mesmo tipo de sistemas. Hoje, em Teresina, temos uma zona rural com características urbanas, o que mostra que a cidade tem crescido significativamente. É dessa forma que trabalhamos, viemos para servir”, frisou.

O presidente da associação de moradores, Francisco das Chagas, agradeceu e fez um alerta à população. “Estamos recebendo um benefício muito grande que é a água. Espero que todos façam bom uso”, lembrou.

Firmino Filho destacou que essa é uma das melhorias que estão sendo entregues durante as comemorações do aniversário de 163 anos de Teresina. “Este é um mês especial e temos uma série de obras e serviços em todas as áreas para os teresinenses. A parceria com a Funasa permitiu que fosse feito o investimento de mais de um milhão de reais na construção desse sistema de abastecimento, juntos trabalhamos pelos interesses da população. A Prefeitura irá entregar outros benefícios nos próximos dias. As equipes estão trabalhando para que a água chegue a todas as comunidades da zona rural, e todos devem fazer o uso racional desse bem”, finalizou.

Fonte: Com informações do Portalpmt