Congresso libera R$ 383 mi de emendas para o PI em 2010

Congresso libera R$ 383 mi de emendas para o PI em 2010

O número é superior em mais de R$ 100 milhões ao montante conseguido no ano passado.

O Piauí teve o melhor desempenho nos últimos quatro anos na indicação de emendas ao Orçamento Geral de 2010. A bancada piauiense no Congresso Federal conseguiu liberar R$ 383 milhões. De acordo com o deputado federal Júlio César (DEM), atual coordenador da bancada em Brasília, o número é superior em mais de R$ 100 milhões ao montante conseguido no ano passado.

O valor, explica o deputado, é resultado de uma ?anomalia? no Congresso. ?O relator-geral do Orçamento, deputado Geraldo Magela (PT-DF), apresentou emendas que totalizavam R$ 2 bilhões e 600 milhões para investimentos em todos os Estados, mas essa indicação já era proibida pela resolução nº1 do regimento?, argumenta Júlio César. Com a votação em plenário, a emenda do relator foi obstruída pela Oposição e o valor remanejado proporcionalmente para todas as bancadas estaduais.

Apesar da grande quantidade de recursos conseguidos, apenas uma parte dessas emendas é efetivamente liberada. Em 2007, o Piauí conseguiu aprovar R$ 301 milhões, com R$ 233 empenhados. Já em 2008, apesar do ano positivo para a economia, a bancada piauiense conseguiu empenhar somente R$ 69 milhões dos R$ 283 milhões aprovados.

No ano passado, dos R$ 297 milhões aprovados, houve corte de mais de R$ 140 milhões. Ao todo, cerca de R$ 100 milhões foram empenhados. ?Em relação a 2010 o montante conseguido é muito expressivo. Agora precisamos lutar para realmente liberar esses recursos?, afirma o deputado.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte