Conservadores vencem em principais países da Europa

De acordo com o levantamento, o Partido Democrata (PD), o principal da oposição, aparece em segundo lugar

O grupo conservador Partido Popular Europeu-Democratas Europeus (PPE-DE) voltará a ser a principal força do Parlamento Europeu, após sua vitória neste domingo nos países mais populosos da União Européia (UE) em eleições nas quais grupos minoritários registraram um importante crescimento.

Segundo os primeiros resultados oficiais, os partidos conservadores e de centro-direita se impuseram em países como Alemanha, França, Itália, Espanha e Polônia, e sua vitória também é esperada no Reino Unido.

Na Alemanha, a União Democrata-Cristã (CDU) junto com a União Social-Cristã (CSU), alcançou 38,6% dos votos, à frente do Partido Social-Democrata (SPD), com 20,8%, repetindo a derrota das eleições européias anteriores, cinco anos atrás.

Na França, a União por um Movimento Popular (UMP), partido do presidente francês, Nicolas Sarkozy, venceu com 27,4% dos votos, seguida do Partido Socialista (PS), com 16,96%, e do Europe Ecologie, com 15,02%, segundo dados oficiais provisórios.

Já na Itália, o partido Povo da Liberdade (PDL), liderado pelo primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, deve vencer com entre 39% e 43% dos votos, segundo pesquisa da empresa IPR Marketing para o jornal La Repubblica.

De acordo com o levantamento, o Partido Democrata (PD), o principal da oposição, aparece em segundo lugar com entre 27% e 31% da preferência do eleitorado. Na Espanha, o conservador Partido Popular (PP), o principal da oposição no país, venceu com 42,03% dos votos, contra o governamental Partido Socialista (PSOE), que obteve 38,66%, segundo dados oficiais.

Após 88,49% das urnas apuradas na Espanha, o PP obtém 23 cadeiras na câmara européia, enquanto que o PSOE fica com 21 deputados. Por fim, na Polônia, o partido liberal Plataforma Cidadã (PO), liderado pelo primeiro-ministro do país, Donald Tusk, deve conquistar uma ampla vitória, de acordo com uma pesquisa divulgada pela rede pública de televisão TVP.

O PO tem 54,4% dos votos, enquanto o Partido Camponês (PSL), que forma coalizão de Governo com os liberais, aparece só na quarta posição, com 6%.

Fonte: Terra, www.terra.com.br