Casa Branca divulga certidão de nascimento de Obama

Obama já havia apresentado uma versão padrão mais curta da sua certidão de nascimento, reconhecida em seu Estado natal, o Havaí.

A Casa Branca divulgou nesta quarta-feira a versão integral da certidão de nascimento do presidente Barack Obama. A medida foi uma estratégia para acabar com os boatos de que o democrata nasceu no Quênia e, portanto, não poderia ser eleito para cargos políticos nos Estados Unidos.

Obama já havia apresentado uma versão padrão mais curta da sua certidão de nascimento, reconhecida em seu Estado natal, o Havaí, e usada comumente lá como documento. A versão curta foi postada na internet pela equipe de Obama durante a campanha presidencial de 2007-2008, depois que seus adversários colocaram em dúvida o fato de o então candidato não ser americano.



A versão mais longa comprova que Obama efetivamente nasceu em Honolulu, no Havaí, às 19h24 de 4 de agosto de 1961.

Obama deve falar sobre o tema na manhã desta quarta-feira, na Casa Branca.

"O presidente acreditava que a distração sobre sua certidão de nascimento não era boa para o país. ela pode ter sido boa para política ou para TV, mas era ruim para o povo americano e distraía dos muitos desafios que enfrentamos como um país", disse a Casa Branca, em comunicado à imprensa no qual enviou o certificado.

"O presidente espera que com este passo, nós podemos debater os temas maiores que importam para o povo americano e para o futuro do país", completou o comunicado.

Fonte: Folha.com