CPI da Petrobras adia a reunião que iria fazer análise de requerimentos

O encontro foi agendado por deputados e senadores para a próxima terça-feira.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) mista da Petrobras adiou para a próxima semana a reunião para votar 393 requerimentos que estão na pauta do colegiado. O encontro foi agendado por deputados e senadores para a próxima terça-feira. A reunião já havia sido cancelada na semana passada por falta de quórum, remarcada para esta quarta-feira e novamente adiada. As informações são da Agência Câmara.

Entre os requerimentos da pauta estão pedidos feitos pelo deputado Fernando Francischini (PR), líder do Solidariedade, de quebra de sigilos fiscal, telefônico e internet do doleiro Alberto Youssef. Ele foi preso em março pela Operação Lava Jato da Polícia Federal, acusado de lavagem de dinheiro, evasão de divisas e outros crimes.

Fonte: Terra