Crédito beneficiará 47 municípios com novos assentamentos no Piauí; saiba

As propostas foram aprovadas pela Câmara Técnica e serão homologadas pelo secretário do Desenvolvimento Rural, Rubem Martins

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR), através da Unidade Técnica do Crédito Fundiário (UTE), realizou reunião com a Câmara Técnica para analisar propostas de aquisição de terras pelo Crédito Fundiário pela linha Nossa Primeira Terra (NPT), Consolidação da Agricultura Familiar (CAF) e Combate à Pobreza Rural (CPR).

Na reunião, que aconteceu sob a presidência do gerente de Operações, Epitácio Pires de Moura Filho, foram apresentadas 69 propostas para atender 454 famílias, aplicando recursos na ordem de 6 milhões de reais em 47 cidades do Piauí.

As propostas foram aprovadas pela Câmara Técnica e serão homologadas pelo secretário do Desenvolvimento Rural, Rubem Martins. "O passo seguinte será a autorização da UTE para as empresas parceiras do programa elaborarem os projetos de infraestrutura, como moradia, energia, abastecimento d"água, entre outros, para que logo em seguida haja a contratação das propostas pelos agentes financeiros (Banco do Nordeste, Banco do Brasil e ou Caixa Econômica), só depende da preferência dos interessados", explicou Rui Cipriano de Araújo, diretor da UTE do Crédito Fundiário.

O montante aprovado refere-se apenas para o Subprojeto de Aquisição de Terra (SAT), que especificamente nas linhas Nossa Primeira Terra e CPR é não reembolsável.

Os recursos são oriundos do Governo Federal através do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Secretaria do Reordenamento Agrário, com contrapartida do Governo do Estado do Piauí, através da Secretaria do Desenvolvimento Rural.

Fonte: Jornal Meio Norte