Cunha diz ser 'impossível' encontrar uma nova conta sua no exterior

Cunha, nesse processo, é acusado de manter 4 contas na Suiça.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que é alvo de inquérito que apura suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro em razão de quatro contas que possui na Suíça, disse que é 'impossível' encontrar nova conta sua no exterior.

"Vocês podem preparar em qualquer escritório de advocacia internacional qualquer documento que diga ‘empresa’, ‘truste’, de qualquer natureza, para eu assinar procuração, doação, busca, verificação, não é só de Israel não, de Israel, da Arábia Saudita, do Líbano, de qualquer lugar do mundo que você queira e de qualquer conta bancária, que eu dou de presente para reverter a quem quiser porque não existe”, declarou.

A existência das contas é apontada em documentação enviada à Procuradoria Geral da República pelo Ministério Público suíço. . Sobre as contas no exterior, ele afirma não ser o titular, e sim "usufrutuário", delas.

“Então, eu estou absolutamente tranquilo, não tenho preocupação nenhuma. O que eu tinha, o que foi colocado e que está sendo por mim explicado, é o que já é de conhecimento. O resto não existe, isso é fantasia. Eu não estou nem pedindo para provar. Eu já faço antecipadamente a oferta de assinar qualquer documento necessário, de qualquer natureza. Não é para dizer que estou driblando, de qualquer natureza. Faça o documento que quiser que eu assino”, disse.

Presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ)
Presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ)



Fonte: Com informações do Tribunadabahia