Deputada faz discurso emocionado e pede: 'levante da cadeira,Cunha'

Ela convocou todos os deputados a deixarem a Casa

Em um discurso emocionado, a deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) pediu a Eduardo Cunha para deixar a presidência da Câmara.  Tetraplégica, a deputada utilizou um recurso de sua cadeira de rodas para ficar de pé no Congresso e foi direta.


Image title

Dizendo que gosta de Cunha, ela convocou todos os deputados a deixarem a Casa e criticou a postura de Felipe Bornier (PSD-RJ), que fez de tudo para travar reunião do Conselho de Ética da Câmara, que trataria de pedido de cassação de Cunha.

"Senhor presidente, eu sei que você nutre admiração por mim. Eu gosto do senhor", chegou a dizer Gabrilli, que emendou momentos depois. "O senhor está com medo, senhor presidente? É isso o que está acontecendo? Eu convido todos os deputados a deixarem essa sessão. Pela ética, pela moral que nós temos que ter por essa casa e pelo povo brasileiro que que nos trouxe aqui. Chega, senhor presidente. O senhor não consegue mais presidir. Levante dessa cadeira, Eduardo Cunha"

Leia o discurso na íntegra

"Eu sou a deputada que mais dificuldade tem para chegar às sessões da Câmara. Eu sou a deputada aqui que, com certeza, mas se esforça para chegar aqui e para estar aqui. Eu sou uma deputada, presidente, que procuro dar exemplo. Eu procuro dar exemplo de ética. Eu procuro dar exemplo de superação. Eu procuro dar exemplo de moral.

Muitas vezes, senhor presidente, eu fico, ali, tremendo de frio. E mesmo, não tendo desconto do meu salário por estar na mesa, eu fico na sessão porque eu acho que eu tenho que dar exemplo para os brasileiros.

Senhor presidente, eu sei que você nutre admiração por mim. Eu gosto do senhor. Mas gostar do senhor não me fez ficar decepcionada. Gostar do senhor não me fez perceber que o senhor nos chama de imbecis, muitas vezes. Eu peço para o senhor. O senhor tem que dar exemplo. O senhor não está dando exemplo. O senhor está perdendo a cada dia a legitimidade de presidir.

Eu convido todos os deputados a saírem dessa sessão. O que o Felipe Bornier (PSD-RJ), o que esse deputado fez aqui não se faz. Você tem que revogar esse ato e valorizar a nossa comissão de ética.

O senhor está com medo, senhor presidente? É isso o que está acontecendo? Eu convido todos os deputados a deixarem essa sessão. Pela ética e pela moral que nós temos que ter por essa Casa e pelo povo brasileiro que que nos trouxe aqui.

Chega, senhor presidente. O senhor não consegue mais presidir. Levante dessa cadeira, Eduardo Cunha. Por favor"

Fonte: Com informações do O Tempo