Decisão do PMDB poderá ser nas convenções

O partido pode não chegar a um consenso com a pesquisa, porque parte das lideranças apóiam o Governo e outra parte a oposição

A tão esperada pesquisa interna realizada pelo PMDB para definir os rumos do partido nas eleições deste ano, pode não ser utilizada na definição do nome que o partido apoiará. A decisão do partido poderá ficar apenas para as convenções partidárias, que serão realizadas em junho. A informação é do secretário municipal de Governo, João Henrique Sousa (PMDB). Sousa acredita que o partido não chegará a um consenso com a pesquisa, porque parte das lideranças apóiam o Governo e outra parte a oposição. O resultado da pesquisa só será divulgado na segunda-feira, onde será feita uma análise durante a reunião ordinária do partido. “Não sei se os membros do diretório terão acesso aos números. Além disso, esses números podem não ser a base da decisão”, adiantou. Prevendo as dificuldades de ser chegar a um consenso, o deputado estadual Themistocles Filho (PMDB), já havia adiantado que a decisão do partido poderia não acontecer no início de maio. “Podemos até tomar a decisão agora. Mas ela só será confirmada mesmo nas convenções”, disse o parlamentar no início da semana, justificando que toda a decisão deveria ser tomada com cautela “para que o PMDB possa tomar a melhor decisão para o partido”. (M.M)

Fonte: Mayara Martins