Deputado estadual Fábio Novo pede à CGE auditoria em Secretaria

A ânsia pela adoção da estratégia na Secretaria foi elogiada

O recém-empossado secretário de cultura, Fábio Novo (PT), esteve reunido ontem com o controlador-geral do Estado, Darcy Siqueira, visando dar encaminhamento a implementação do controle interno na pasta, tal como a realização de uma auditoria geral na extinta Fundação Cultural do Piauí (Fundac), medida considerada corriqueira, tendo em vista a vinculação das funções ao novo órgão. “Nós queremos implantar uma cultura de que as coisas que sejam realizadas na Secretaria tenham total legalidade para que não tenhamos qualquer tipo de questionamento no futuro. Temos uma situação onde a Fundação Cultural do Piauí deixou de existir, então é normal que tenhamos uma auditoria para depois apresentarmos o resultado e um balanço para a sociedade”, indicou o petista.


Image title

O deputado estadual licenciado versa que a transparência será a marca da sua gestão, abrangendo a importância do detalhamento das etapas a serem constituídas, de modo que nenhum equívoco seja cometido. “Estamos pedindo o auxílio da Controladoria para implantarmos um controle interno na secretaria. Com isso, nós vamos estabelecer procedimentos e rotinas administrativas que vão fechar qualquer válvula de escape para que os processos sejam concluídos na mais perfeita legalidade”, afirmou.

A ânsia pela adoção da estratégia na Secretaria foi elogiada pela Controladoria Geral do Estado, garantindo o auxílio necessário na implementação do controle interno, laureando a dinamização do trabalho de forma célere e eficiente. “Nós vamos fazer esse levantamento e vamos apoiar o secretário na criação do controle interno. Vamos capacitar e definir fluxos dos processos para que o órgão comece com bom andamento e com eficiência”, indicou Siqueira. Quanto a auditoria na Fundac, o controlador reverberou que os contratos já vinham sendo analisados, prerrogativa correspondente às atribuições do órgão.

Fonte: Francy Teixeira