Deputado Pellegrino admite mudar relatório para indiciar banqueiro Daniel Dantas

Na semana passada, Pellegrino manteve o banqueiro fora

O deputado Nelson Pellegrino (PT-BA) admitiu nesta quarta-feira (29) que poderá alterar o seu relatório na CPI dos Grampos para incluir o banqueiro Daniel Dantas entre as pessoas que terão o indiciamento pedido. Na semana passada, Pellegrino manteve o banqueiro fora. A votação do relatório final está marcada para esta quinta-feira (30).

Pellegrino afirma que ?após analisar alguns documentos? poderá mudar de posição em relação a Dantas. O relator havia deixado o banqueiro de fora por ele já ter sido denunciado pelo Ministério Público por interceptação telefônica e recebeu críticas dos colegas. ?Em relação ao Daniel Dantas, pode ter mudança. Estou analisando alguns documentos?, disse o deputado.

A postura do relator de deixar de fora o banqueiro, o delegado Protógenes Queiroz e o ex-diretor-geral da Abin Paulo Lacerda irá provocar a apresentação de votos em separado pelo presidente da CPI, Marcelo Itagiba (PMDB-RJ), e integrantes da oposição. Pellegrino garante, no entanto, que não muda de idéia em relação a Protógenes e Lacerda.

A CPI tenta votar o relatório nesta quinta-feira devido a compromissos políticos do relator. Ele tomará posse na segunda-feira (04/05) como secretário de Justiça do estado da Bahia. Pellegrino cogita deixar o Congresso mesmo sem a votação do relatório. ?Se a votação for na semana que vem será sem a minha presença?, disse o deputado.

Fonte: g1, www.g1.com.br