Deputado Antônio Félix quer proteção para celulares e tablets

A tecnologia é capaz de ajudar as vítimas a capturar assaltantes quando eles acham que foram bem sucedidos em levar seu celular ou tablet para casa

O deputado Antônio Félix vai apresentar um projeto de lei que visa dar o suporte necessário para que todos possam utilizar a tecnologia para inibir e diminuir roubo ou furto de aparelho celular ou tablet. A tecnologia é capaz de ajudar as vítimas a capturar assaltantes quando eles acham que foram bem sucedidos em levar seu celular ou tablet para casa.

Alguns, conectam você ao seu aparelho através de um aplicativo. Com ele, os usuários conseguem, via GPS e usando qualquer computador, encontrar rapidamente seu celular ou tablet. Diversos aplicativos podem ajudar na busca e apreensão desses aparelhos, enviando dados sobre a localização e até mesmo capturando fotos do cidadão enquanto ele usa um celular que não é dele.

O deputado Antonio Félix (PSD) vai apresentar um projeto de lei que visa dar o suporte necessário para que todos possam utilizar a tecnologia para inibir e diminuir roubo ou furto de aparelho celular ou tablet. A tecnologia é capaz de ajudar as vítimas a capturar assaltantes quando eles acham que foram bem sucedidos em levar seu celular ou tablet para casa.

Alguns, conectam você ao seu aparelho através de um aplicativo. Com ele, os usuários conseguem, via GPS e usando qualquer computador, encontrar rapidamente seu celular ou tablet. Diversos aplicativos podem ajudar na busca e apreensão desses aparelhos, enviando dados sobre a localização e até mesmo capturando fotos do cidadão enquanto ele usa um celular que não é dele.

Programas desse tipo coíbem o furto e roubo de equipamentos, ou pelo menos ajuda você a recuperá-loo, mas nem todo celular ou tablet possui esse tipo de aplicativo, vendo esta situação. Pelo projeto do deputado com o projeto, as operadoras ficarão obrigadas a informar para a Polícia, dados que possam indicar em tempo hábil a localização de qualquer aparelho celular ou de tablet, que tenha sido alvo de furto, roubo ou envolvido em atividade criminosa, como ameaças e seqüestros, dando muito mais agilidade ao trabalho da polícia e dificultando a vida dos criminosos.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte