Deputado Romário passa bem depois de passar por cirurgia, diz assessoria

Depois do procedimento cirúrgico, a assessoria do deputado encaminhou à imprensa o boletim emitido pelo hospital e informou que ele passa bem.

O deputado e ex jogador Romário se submeteu nesta quinta-feira, 29, a uma cirurgia na coluna, realizada no Hospital Sarah Kubitschek, em Brasília. Segundo informações passadas pela assessoria do seu gabinete ao site na última quarta-feira, Romário vinha sofrendo com fortes dores lombares desde o diagnóstico de uma hérnia de disco.

Nesta quinta, poucas horas depois do procedimento cirúrgico, a assessoria do deputado encaminhou à imprensa o boletim médico emitido pelo hospital e informou que ele passa bem: ""O procedimento durou seis horas, ele já está no quarto e passa bem, conforme divulgou o boletim médico do hospital"".

Confira abaixo o boletim do Sarah Kubitschek:

?Romário de Souza Faria foi submetido na manhã de hoje a microcirurgia para tratamento de hérnia de disco lombar. A cirurgia transcorreu sem intercorrências e alcançou os seus objetivos. Romário está em recuperação pós-operatória no quarto e seguirá em reabilitação física?.

Romário, que há três semanas já havia passado por uma cirurgia no pé, usou su conta no Twitter, na quarta-feira, para falar sobre seu estado de saúde: ""Galera, boa tarde! Há algumas semanas falei aqui com vocês que havia me submetido a dois procedimentos cirúrgicos e estava de licença médica. Um dos procedimentos foi na região lombar, para tentar amenizar as dores causadas por uma hérnia de disco. Infelizmente a solução paliativa não melhorou o problema, continuei com muita dor e decidi fazer a cirurgia. Neste momento estou internado no hospital Sarah Kubitschek, em Brasília, e devo operar entre hoje e amanhã, no máximo. É um procedimento relativamente simples, espero sair so hospital andando"".

Ausência em sessão da Câmara

A assessoria de imprensa de Romário aproveitou o comunicado para justificar sua ausência na sessão na Câmara dos Deputados que decidiu pela não cassação de Natan Donadon:

""O parlamentar já havia se submetido a outros procedimentos cirúrgicos, considerados paliativos, para amenizar a dor. No dia 7 de agosto (conforme se vê logo abaixo), ele deu entrada em uma licença médica após passar por uma cirurgia no pé e uma infiltração na região lombar. Desde a semana passada, no entanto, ele teve fortes e contínuas dores, que o levaram a internação. O quadro impedia sua locomoção.

O problema de saúde do deputado o impediu de participar da sessão na Câmara dos Deputados que decidiu pela não cassação do deputado Natan Donadon, ele cumpre pena em regime fechado por desvio de recursos públicos.

Alguns jornais estão divulgando a lista de deputados ausentes na votação sem mencionar o problema de saúde do deputado, fato que tem gerado interpretações equivocadas sobre a conduta de Romário. Ele não comentou o ocorrido por suas redes, como é de praxe, porque estava sedado ontem à noite.

O parlamentar carioca era a favor da cassação e ficou triste por não ter tido condições de votar. Ele é membro da Frente Parlamentar em Defesa do Voto Aberto. No lançamento da frente, em setembro de 2011, deu a seguinte declaração: "A população tem o direito de saber como votam seus representantes. Nós parlamentares temos a obrigação de dar satisfações a quem nos elegeu""".

Fonte: EGO