Deputados aumentam 16 vezes gastos com publicidade

m ano eleitoral, onde apenas dois deputados não concorrerão à reeleição os gastos foram multiplicados por 16

Mais de 25% da verba indenizatória que os deputados federais piauienses têm direito é utilizada com publicidade. Em ano eleitoral, onde apenas dois deputados não concorrerão à reeleição ? Themístocles Sampaio (PMDB) e Antônio José Medeiros (PT) ? os gastos foram multiplicados por 16 vezes em relação ao mesmo período do ano passado, quando as despesas contabilizaram R$ 9 mil aproximadamente. Nos quatro primeiros meses de 2010 este valor foi de R$ 150 mil.

Destinada exclusivamente ao ressarcimento das despesas relacionadas ao exercício do mandato, a verba mensal de R$ 15 mil foi usada este ano, principalmente, na confecção de serviços gráficos como jornais e postagem de correspondências. Os dados estão disponíveis para consulta no site da Câmara de Deputados.

Dos 10 parlamentares que atuam na Câmara Federal, o que mais gastou em publicidade com a divulgação de conquistas do mandato foi o deputado Nazareno Fonteles (PT). No lado oposto está o deputado José Maia Filho, o Mainha (DEM), que utilizou apenas R$ 1 mil dos recursos disponibilizados pelo Governo Federal.

Depois de Nazareno, os deputados Paes Landim (PTB), com R$ 24 mil, Elizeu Aguiar (PTB), R$ 22,4 mil, Ciro Nogueira (PP), R$ 20 mil e Júlio César (DEM), R$14,1 mil, somaram os maiores gastos. Além de Mainha, Átila Lira (PSB), R$ 8,2 mil, Osmar Júnior (PC do B), R$ 9,5 mil, Marcelo Castro (PMDB), R$ 4,5 mil e Themistócles Sampaio (PMDB), R$ 12 mil foram os que registraram as menores despesas. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte