Deputados criam 'bolão do impeachment' com apostas de 100 reais

Engana-se quem pensa que só de brigas envolve esse processo.

O processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff está dando o que falar. A votação da Câmara dos Deputados que acontecerá às 14h deste domingo (17), divide opiniões e deixa o clima tenso marcado por discussões.

Mas engana-se quem pensa que só de brigas envolve esse processo. Os deputados Paulinho da Força (SD-SP) e Carlos Manato (SD-ES), que é corregedor da Câmara estão organizando um bolão para saber se a presidente será ou não exonerada do cargo.

Cada aposta custa R$ 100 e além de dizer se o impeachment vai passar ou não pela Câmara tem que detalhar se passa pelo Senado e acertar em cheio o número de votos tanto a favor como contra.

Cinco minutos após a abertura do bolão, sete apostas já foram contabilizadas. Deputados da base aliada também serão convidados a participar da iniciativa. “Todo mundo, isso aqui é democrático”, disse Manato. Questionado se não via conflito de interesse em ser corregedor da Câmara e promover um bolão de apostas, Manato, que é favorável ao impeachment, desconversou e disse que se tratava de uma “brincadeira”.

Eduardo Cunha e Paulinho da Força (Crédito: Reprodução)
Eduardo Cunha e Paulinho da Força (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Pragmatismo Político