Desemprego é o que mais afeta piauienses, aponta Amostragem

Pesquisa Meio Norte: Desemprego é problema que mais afeta o PI

A pesquisa do Instituto Piauiense de Opinião Pública (Amostragem), feita com exclusividade para o Jornal Meio Norte, volta a mostrar que o desemprego nunca sai do topo da lista dos principais problemas do Piauí. O desemprego, como principal problema dos piauienses, já até alternou o primeiro lugar com a segurança pública e com a inflação, em décadas anteriores, mas voltou a ocupar o lugar que sempre foi seu no drama cotidiano dos habitantes do Piauí.

O Amostragem revelou que para 48,81% dos piauienses, o desemprego é o principal problema do Piauí; em segundo lugar vem os serviços de saúde com 19,53%. A segurança publica é o terceiro problema mais grave do Estado atualmente.

Os serviços de educação se constituem no quarto principal problema apontado pelos piauienses.

Conforme revelou a pesquisa, o desemprego é mais sentido na microrregião de Valença do Piauí, onde 64,44% dos entrevistados apontam o desemprego como principal problema. Na microrregião de Picos, 60,53% da população também acha que este é o principal problema do Piauí. Já na

microrregião de Teresina, o desemprego é apontado como o principal problema do Estado por 45,59% da população.

Os serviços de saúde são apontados como principal problema pelos habitantes da microrregião de Bertolínia. 47,06% têm essa opinião.

Fonte: Portal Meio Norte, www.meionorte.com