Detran-PI interioriza leilões, mas depósitos ainda continuam cheios

O Detran vem reforçando a realização de leilões de veículos em situação irregular e não recuperados pelos donos

Na manhã de sábado (01/09) foi realizado mais um leilão com veículos recolhidos no depósito do Detran-PI. Foram oferecidos 366 itens, sendo 25 carros e o restante contabilizado entre motos e sucatas. O leilão, assim como os últimos realizados, contou com um bom público participante. O Detran, aliás, vem reforçando a realização de leilões ? inclusive no interior do Estado ? mas as apreensões de veículos em situação irregular seguem em ritmo totalmente diferente, fazendo com que os pátios de recolhimento continuem lotados.

Segundo Washington Prado, presidente da comissão de leilões do Detran-PI, já foram feitos três pregões este ano, e todos originaram leilões com bons resultados em termos de saída. No entanto, o volume de carros apreendidos é bem superior à capacidade do Detran em dar novo destino aos carros e motos apreendidos. ?O Número de apreensões depende da realização de blitz, portanto é variável. Mas costumamos apreender, por dia, 30 veículos irregulares só em Teresina. Desse total estimo que pelo menos 80% acabem indo parar no depósito por problemas relativos ao emplacamento?, disse Prado.

Todos esses veículos acumulam-se no depósito do DETRAN, localizado no bairro Redenção, na zona Sul da cidade. A informação é de que, atualmente, só no depósito da capital, existam 1.800 veículos, entre carros, motos e sucatas. Desse total, cerca de 1.500 são motocicletas. ?As motos estão em número muito maior porque o emplacamento delas é mais caro que o dos carros o que faz com que os proprietários tenham mais dificuldade em retirá-las?. No caso das sucatas, o chassi é cortado para que não volte a circular ilegalmente.

Os carros e motos apreendidos só podem ser leiloados após 90 dias, contados da data de recolhimento ao depósito. "é um processo bastante longo até que um carro ou motocicleta possa ir a leilão. Antes de leiloarmos, temos de mandar cartas aos proprietários informando que o veículo e estará sendo encaminhando ao leilão", complementou.

Fonte: Dowglas Lima